Cidade

Cidade (7)

04 SP_ABRIL 2016

LEIA ANTES DE USAR: Depois de enviar sua mensagem, você receberá um código como este: A23-1X3-X123 e com ele você poderá acompanhar se sua mensagem foi respondida e ainda receberá automaticamente via e-mail um mensagens quando o status do seu pedido for alterado.


A Lei de Acesso à Informação (Lei Federal nº 12.527 de 18/11/2011) regulamentou as disposições constitucionais que asseguram a todo cidadão o direito de receber dos órgãos públicos informações de seu interesse particular, ou de interesse coletivo ou geral, bem como o acesso a registros administrativos e a informações sobre atos de governo.

Horário de atendimento da Prefeitura de Cruzília
Segunda a sexta-feira, das 8h às 11h e 12:30h às 17:00h.
Telefone: (35) 3346 1250 (clique aqui para fazer download da lista de ramais)

Fazer um pedido de Informação pela internet

 

Prazo para resposta: 15 DIAS Corridos a partir do pedido prorogáveis por mais 15 dias mediante justificativa expressa.

Não são pedidos de informação: Desabafos, reclamações, elogios. Este tipo de mensagem deve ser feito para a Ouvidoria da Prefeitura.

Legislação: Consultas sobre a aplicação de Legislação devem ser encaminhadas à Câmara Municipal de Cruzília.

Perguntas frequentes: Clique aqui para fazer o download do arquivo

 

 

Leia mais ...
Escrito por
Publicado em Cidade
14 SP_JANEIRO 2014

 

Pedido Enviado

ok-1

Seu formulário de solicitação foi enviado com sucesso.

Obrigado.

Leia mais ...
Escrito por
Publicado em Cidade
28 SP_JANEIRO 2013

 

Inscrição realizada

ok-1

Sua inscrição no Festival de Música de Cruzília
foi enviada com sucesso.

Boa sorte

Leia mais ...
Escrito por
Publicado em Cidade
03 SP_JULHO 2013

 

HOTÉIS E POUSADAS

 

Nenhum dado cadastrado

Leia mais ...
Escrito por
Publicado em Cidade
15 SP_JUNHO 2013

Cruzília é o Berço dos Cavalos Mangalarga e Mangalarga Marchador. Vencedores de vários prêmios nacionais conta com o melhor plantel de cavalos da Raça Managalarga do Brasil. Atualmente conta com um Museu Nacional dedicado à Raça que mais cresce no Brasil. Na pecuária se destaca pela produção leiteira e de insumos agrícolas como o milho e o feijão.

A indústria moveleira merece destaque por sua capacidade na produção de móveis sob medida para todo o Brasil , abastecendo principalmente Rio de Janeiro e São Paulo. Os artesãos produzem verdadeiras obras primas, como é o caso da cadeira e altar em madeira usados por sua santidade o Papa Bento XVI na sua ultima visita ao Brasil.

No município destaca-se as Fazendas Centenárias, que são uma boa opção para a família curtir férias mais perto da natureza e ar fresco, longe dos grandes centros, além de serem pontos túristicos carregados de histórias e cultura local. A produção leiteira permite também a fabricação de queijos de ótima qualidade e vencedores de prêmios nacionais.

Na cidade existe o centenário Colégio São Sebastião,que mantém sua estrutura até hoje,onde boa parte de sua população cursou o ensino Básico e Médio. Os pontos mais badalados na noite de Cruzília são os bares e botecos, que são uma boa pedida para quem curte jogar uma conversa fora e apreciar uma boa pinga ou uma cervejinha ao lado dos amigos.

Em relação ao esporte, Cruzília oferece o Complexo Humano da Ventania,O Sete de Setembro Futebol Clube,clube histórico no futebol regional, ganhador de 5 ligas regionais, entre outros clubes como o Ypiranga e o Clube Campestre Ypê. As festividades ficam por conta da Festa do Peão, no mês de Julho, e do Festival de Música.

Para quem gosta de estender a noite, existe a "Danceteria Sedy(detentora do título de "a mais antiga em funcionamento do Sul de Minas) e Danceteria Fly (com dois ambientes e ótimo serviço de bar)" e os ótimos forrós da cidade (uma ótima pedida para você dançar juntinho).
Fonte: Wikipedia.com

Leia mais ...
Escrito por
Publicado em Cidade
15 SP_JUNHO 2013

O Hino Cruziliense, com características cívico-religiosas, foi oficializado através da Lei nº 70, aprovada em reunião extraordinária da Câmara Municipal, em 11 de dezembro de 1951. Com letra do Dr. José Maria Nunes Maciel (então prefeito municipal da cidade mineira de Cruzília) e música do Maestro Francisco Nisticó, foi publicado pela primeira vez nas Oficinas Gráficas Irmãos Vitale Indústria e Comércio Ltda., de São Paulo.

Hino Cruziliense

Tem Cruzília em seu nome esculpida,
Uma cruz que o destino traçou,
Em seus braços eternos, a vida,
Este povo, feliz, encontrou.

(Coro)
Salve ó cruz, de minha terra!
Cruzília, terra da Cruz.
Teu nome lembra e encerra,
A epopéia de Jesus.

Sob o pálio da Cruz Redentora
E ao comando do "Herói Padroeiro",
Vai Cruzília cumprir sem demora,
No futuro, destino altaneiro.

Quem nos livra da fome e da peste?
E da guerra e de toda aflição?
É o guerreiro da corte celeste,
Glorioso São Sebastião.

Sursum corda! Por Deus trabalhemos!
Que o trabalho também é oração.
De Cruzília um templo faremos
Em que o altar seja o meu coração.

Clique aqui para fazer o download do Hino em MP3

Aperte o play para ouvir.


Bandeira de Cruzília

 

Brasão da Cidade


O Brasão da bandeira de Cruzília contém muitos detalhes que muitas vezes passam desapercebidos. Abaixo segue uma explicação de cada parte do Brasão.


Leia mais ...
Escrito por
Publicado em Cidade
15 SP_JUNHO 2013

Cruzília – “terra da Cruz”. O primitivo nome da localidade foi encruzilhada. Originou este nome o fato de o povoado localizar-se ao lado da encruzilhada formada por duas importantes estradas no periódo colonial, que ligavam os municípios de São João Del Rei e Aiuruoca e Rio de Janeiro à região aurífera de Minas Gerais.

Cruzília é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. De acordo com o censo realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2010, sua população é de 14.529 habitantes.

Localizada no Sul de Minas, Cruzília pertence ao Caminho Velho da Estrada Real. É conhecida por suas fazendas centenárias, por ser o berço dos cavalos da raça Mangalarga Marchador e sua indústria de móveis e queijos.

Dados Históricos

Os primeiros habitantes da região foram os faiscadores de ouro vindos provavelmente da província de São Paulo, e que exploraram o ouro de aluvião encontrado nas encosta de morros nas margens de córregos da zona. Ainda hoje, constituem testemunhas da presença daqueles desbravadores várias escavações existentes nas margens de córregos do território municipal. Só após a fase de mineração de ouro, chegaram os primeiros agricultores e senhores de escravos.

Segundo a tradição, em 1858 estabeleceu-se no sopé de uma colina denominada “serrinha” aquele que iniciou o povoado. Trata-se do Capitão Manoel Domingues Maciel, progenitor do Cel. Cornélio Pereira Maciel (prefeito de Cruzília de 1956 até 1959).

Em 15 de agosto de 1862, foi consagrada a primeira capela que recebeu como orago São Sebastião. Em 1873, foi construída a paróquia, sendo seu primeiro vigário o Revmo. Monsenhor João Câncio dos Reis Meirelles.

Em 1920, por influência do Cel. Cornélio Maciel, então vereador à câmara municipal de Baependi, foi instalada no distrito uma pequena usina hidrelétrica para o serviço de iluminação pública e domiciliar, serviço esse hoje bastante reforçado por outra usina.
 

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Encruzilhada, pela lei provincial nº 1997, de 14-11-1873, e lei estadual nº 2, de 14-09-1891, subordinado ao município de Baedendi. Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o distrito de Encruzilhada, figura no município de Baependi.

Nos quadros de apuração do recenseamento geral de 1-IX-1920, figura no município de Baependi o distrito com a denominação de São Sebastião da Encruzilhada.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de São Sebastião da Encruzilhada (ex-Encruzilhada), figura no município de Baependi.

Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937. Pelo decreto-lei estadual nº 148, de 17-12-1938, o distrito de São Sebastião da Encruzilhada voltou a denominar-se Encruzilhada.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o distrito de Encruzilhada (ex-São Sebastião da Encruzilhada) figura no município de Baependi.

Elevado à categoria de município com a denominação de Cruzília, pela lei estadual nº 336, de 27-12-1948, desmembrado de Baependi. Sede no atual distrito de Cruzília ex-Cruzilha.

Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1949. Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Alterações Toponímicas Distritais

- Encruzilhada para São Sebastião da Encruzilhada, alterado em 1-IX-1920.
- São Sebastião da Encruzilhada para Encruzilhada, alterado pelo decreto-lei estadual nº 148, de 17-12-1938.
- Encruzilhada para Cuzílha, alterado pelo decreto-lei estadual nº 1058, de 31-12-1943.
- Cuzílha para Cruzília alterado, pela lei estadual nº 336, de 27-12-1948.

Fonte: Enciclopédia dos Municípios Brasileiros – Volume XXIV ano 1958.
 

Ex-Prefeitos e Vices de Cruzília

Prefeito: Dr. José Maria N. Maciel (1949/1953)
Vice-prefeito: Adail de Paula Ferreira

Prefeito: Pedro José de Arantes (1954)
Vice-prefeito: Gastão de Paula Ferreira

Prefeito: Cel. Cornélio Pereira Maciel (1956/1959)
Vice-prefeito: Samuel Andrade Paiva

Prefeito: Gastão de Paula Ferreira (1955/1956 – 1959/1963)
Vice-prefeito: Acir Martins Paiva

Prefeito: Dr. José Orígenes Penha (1964)
Vice-prefeito: Emanoel Ferreira Pereira

Prefeito: Emanoel Ferreira Pereira (1964/1967)

Prefeito: José Geraldo Pereira Leite (1967/1971)
Vice-prefeito: José Paulo Meirelles Junqueira

Prefeito: Dr. Domingos Lollobrígida de Souza (1971/1973 – 1977/1983 – 1989/1992 – 1997/2000)
Vices: Dr. Mozart Maciel Arantes, Ivan Meirelles Andrade, Fernando M. Pereira e José Carlos M. Alckmin

Prefeito: José Maciel (1973/1977)
Vice-prefeito: Fernando José dos Reis Meirelles

Prefeito: Dr. Adolfo Maurício Pereira (1983/1988 – 1993/1994)
Vice-prefeito: Regina M. Maciel Ferreira e Dr. Carlos Orlando N. Penha

Prefeito: Dr. Carlos Orlando N. Penha (1995/1996 – 2001/2004)
Vice-prefeito: Dr. José Maria de Souza

Prefeito: José Carlos Maciel Alckmin (2005/2008 – 2009/2012)
Vice-prefeito: Dr. Cláudio José Junqueira Pereira

 

Leia mais ...
Escrito por
Publicado em Cidade