A- A A+

O Município de Cruzília, pessoa jurídica de direito público interno, inscrito no CNPJ sob o nº 18.008.904/0001-29, com sede na Rua Coronel Cornélio Maciel, nº 135, informa que a pedido do Secretário Municipal de Saúde procedeu ao cancelamento do Processo Licitatório nº 00234/2014 – Pregão Presencial nº 00024/2014, que tinha por objetivo adquirir aparelho de contador de células sanguíneas.

Cruzília MG, 03 de abril de 2014

Clique aqui para acessar a página dos Editais e Licitações

 

Leia mais ...
Publicado em Prefeitura em Ação
Tagged sob

O município de Cruzília acaba de receber em doação do Governo Federal através do MDA (Ministério do Desenvolvimento Agrário), via PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento), uma motoniveladora (patrol). A máquina chegou na Secretaria de Obras do Município no dia 29 de março.

A conquista foi um trabalho do município no sentido de justificar junto ao governo federal a necessidade do equipamento no em nossa cidade.

Agradecemos a todos envolvidos, Executivo e Legislativo, na destinação dessa máquina motoniveladora para o município de Cruzília. Com esta nova máquina será intensificado a recuperação e manutenção das estradas rurais.

 

Prefeito Joaquim e Vice Nelson no momento da chegada da Patrol.

 

Patrol doada pelo PAC 2.

Leia mais ...
Publicado em Prefeitura em Ação
Tagged sob

A Secretaria Municipal de Saúde de Cruzília, através da Vigilância Epidemiológica (VE) informa:

Toda a pessoa com tosse há mais de três semanas deve procurar uma Unidade de Saúde mais próxima para informações e a realização de exames. Ao contrário do que muitos pensam o número de casos de problemas pulmonares e principalmente a tuberculose não é pequeno e está aumentando em muitos países. Entre as doenças infecciosas, a tuberculose é uma das causa de morte em pessoas acima dos cinco anos de idade.


O que é Tuberculose?

É uma doença transmissível causada por uma bactéria, conhecida como Bacilo de Koch. Ela pode causar lesões em qualquer parte do organismo humano, mas tem preferência pelos pulmões.

Como se transmite?
Quando o doente com tuberculose no pulmão, tosse, espirra ou fala. A tuberculose não se transmite por utensílios como copos e talheres. (Nem todas as pessoas adoecem quando são contagiadas. Isso depende da capacidade de defesa do organismo).

Sintomas 
Tosse persistente, - Emagrecimento, - Dor no peito, - Suores Noturnos, - Falta de apetite, - Cansaço fácil, - Febre baixa, geralmente à tarde. (Atenção: mesmo que não haja outros sintomas, a pessoa que tem tosse por mais de três semanas deve procurar um serviço de saúde o mais rápido possível) 

Tratamento e Cura
O tratamento tem duração de pelo menos 6 meses e mesmo que o doente se sinta melhor e pense que está curado, não pode suspendê-lo por conta própria. Se o paciente seguir corretamente as orientações médicas, ele obtém a cura. O tratamento é sigiloso e gratuito. Procure o serviço de saúde para maiores informações.

Quanto antes você tratar, mais fácil curar. Procure uma Unidade de Saúde

A tuberculose é uma doença que ainda atinge muitos brasileiros. O principal sintoma é a tosse por mais de três semanas. E, quanto antes a pessoa com tuberculose for tratatada, mais simples a cura. O tratamento não pode ser interrompido, é totalmente gratuito e é um direito do cidadão garantido pelo SUS.

Leia mais ...
Publicado em Prefeitura em Ação
Tagged sob

O Programa Mais Médico foi lançado em 8 de julho de 2013 pela presidente Dilma Rousseff, e tem dois eixos. E um destes eixos é fixar médicos, brasileiros ou estrangeiros, na rede pública de saúde de municípios do interior e nas periferias das grandes cidades. Após a primeira fase, destinada à inscrição de médicos formados no Brasil ou que já têm autorização para atuar no país para trabalharem nos locais onde há poucos profissionais ter atendido apenas 6% da demanda, foram abertas as inscrições para médicos que atuam no exterior. Os médicos estrangeiros passam três semanas sob avaliações de uma universidade antes de trabalhar. O programa terá validade de três anos, sendo prorrogável por mais três.

Segundo o Ministério da Saúde, os profissionais brasileiros tiveram prioridade no preenchimento das vagas ofertadas. As vagas remanescentes foram oferecidas primeiramente aos brasileiros graduados no exterior e em seguida aos estrangeiros. Os médicos com diplomas do exterior vão atuar com autorização profissional provisória, restrita à atenção básica e às regiões onde serão alocados pelo programa. A jornada de trabalho será de 40 horas semanais, para as quais os médicos terão direito a uma bolsa de R$ 10 mil, paga pelo Ministério da Saúde. Além disso, os profissionais terão ajuda de custo para moradia e alimentação, de responsabilidade dos municípios


Mais Médicos para o Brasil.
Mais saúde para você.

O Programa Mais Médicos faz parte de um amplo pacto de melhoria do atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde, que prevê investimento em infraestrutura dos hospitais e unidades de saúde, além de levar mais médicos para regiões onde não existem profissionais.

Com a convocação de médicos para atuar na atenção básica de periferias de grandes cidades e municípios do interior do país, o Governo Federal garantirá mais médicos para o Brasil e mais saúde para você.

As vagas serão oferecidas prioritariamente a médicos brasileiros, interessados em atuar nas regiões onde faltam profissionais. No caso do não preenchimento de todas as vagas, o Brasil aceitará candidaturas de estrangeiros, com a intenção de resolver esse problema, que é emergencial para o país. Os municípios não podem esperar seis, sete ou oito anos para que recebam médicos para atender a população brasileira.
Hoje, o Brasil possui 1,8 médicos por mil habitantes. Esse índice é menor do que em outros países, como a Argentina (3,2), Uruguai (3,7), Portugal (3,9) e Espanha (4). Além da carência dos profissionais, o Brasil sofre com uma distribuição desigual de médicos nas regiões - 22 estados possuem número de médicos abaixo da média nacional. (Confira o Diagnóstico da Saúde no Brasil)

Como não se faz saúde apenas com profissionais, o Ministério está investindo R$ 15 bilhões até 2014 em infraestrutura dos hospitais e unidades de saúde. Desses, R$ 2,8 bilhões foram destinados a obras em 16 mil Unidades Básicas de Saúde e para a compra de equipamentos para 5 mil unidades; R$ 3,2 bilhões para obras em 818 hospitais e aquisição de equipamentos para 2,5 mil hospitais; além de R$ 1,4 bilhão para obras em 877 Unidades de Pronto Atendimento.

Além disso, estão previstos ainda investimentos pelos ministérios da Saúde e da Educação. Os recursos novos compreendem R$ 5,5 bilhões para construção de 6 mil UBS e reforma e ampliação de 11,8 mil unidades e para a construção de 225 UPAs e R$ 2 bilhões em 14 hospitais universitários.

Fonte: http://portalsaude.saude.gov.br/index.php/cidadao/acoes-e-programas/mais-medicos/mais-sobre-mais-medicos/5953-como-funciona-o-programa

Leia mais ...
Publicado em Notícias
Tagged sob

Dias e noites repletos de paz e principalmente muita alegria, assim foi o Carnaval 2014 em Cruzília, que mais uma vez concentrou milhares de foliões cruzilienses e visitantes no centro da cidade e também na "Skina Mineira", o evento contou com grande estrutura e muita organização por conta da Secretaria da Cultura.

Vários blocos, escolas de samba agitaram as noites e não aconteceu nenhum incidente grave durante a semana de festas. Parabéns a todos os organizadores, diretos e indiretos, e ao povo que saiu de casa para prestigiar e se divertir no Carnaval da paz e da alegria.

Leia mais ...
Publicado em Notícias
Tagged sob

Acompanhe como será nosso carnaval em 2014. Abaixo está a programação completa de todos os dias que serão de muita folia, segurança e diversão para os Cruzilienses e visitantes.

Leia mais ...
Publicado em Notícias
Tagged sob

 

PREFEITURA MUNICIPAL - Telefone: (35) 3346 1250

  
RAMAL SETOR

200

Recepção

201

Secretaria de Administração

202

Atendimento

203

Gabinete do Prefeito

205

Arrecadação

206

Meio Ambiente

207

Dep. Compras

208

Junta Militar / Min. Trab.

209

Controle Frota

210

IMA

211

Patrimônio / Cart. Trab. / Recursos Humanos

212

Secretaria da Fazenda / Contabilidade

213

Secretaria de Educação

214

Gestão de Proj. Conv. / Fiscalização / Planejamento

215

Licitação / Contratos

216

Tesouraria

220

Almoxarifado

221

Jurídico

222

Secretaria de Cultura, dos Esportes e Turismo

223

Dep. de Cultura, dos Esportes e Turismo

 
 

DOWNLOAD 
LISTA DE RAMAIS (DEPARTAMENTOS E RESPONSÁVEIS)

 

Telefones úteis de Cruzília

  Asilo Ozanan (35) 3346 - 1814
  Assistência Social (35) 3346 - 1455
  Copasa (35) 3346 - 1134
  Correios (35) 3346 - 1755
  Cartório Eleitoral (35) 3346 - 1630
  Conselho Tutelar (35) 3346 - 2113
  Câmara Municipal (35) 3346 - 1046 ou 2426
  Creche Olaria (35) 3346 - 2133
  Cheche Kennedy (35) 3346 - 2119
  CRAS (35) 3346 - 1975
  CRAS Vila Magalhães (35) 3346 - 1316
  Emater (35) 3346 - 1748
  Escola APAE (35) 3346 - 1818
  Escola Municipal D. Bemvinda (35) 3346 - 1500
  Escola Municipal Mons. João Câncio (35) 3346 - 1220
  Escola Estadual São Sebastião (35) 3346 - 1581 ou 1066
  Escola Selma Magalhães (35) 3346 - 2207
  Escola Carrossel (35) 3346 - 2468
  Escola Estadual Dona Leonina (35) 3346 - 1640
  Escritório Paroquial (35) 3346 - 1393
  Fórum de Cruzília (35) 3346 - 1660
  Farmácia de Minas - Unidade Cruzília (35) 3346 - 1966
  Garagem da Prefeitura (35) 3346 - 2241
  IEF (35) 3346 - 1757
  Lar da Criança (35) 3346 - 1119
  PSF Centro (35) 3346 - 2235
  PSF Kennedy (35) 3346 - 1922
  PSF Brejinho (35) 3346 - 2117
  PSF Rural (35) 3346 - 2053
  PSF Carmelita (35) 3346 - 2192
  PSF Vila Olaria (35) 3346 - 1498
  Policlínica Municipal (35) 3346 - 1540
  Posto de Saúde Dr. José Orígenes (35) 3346 - 1573
  Saúde Mental (35) 3346 - 2950
 Telecentro (35) 3346 - 2630
 Vigilância Sanitária e Epidemiológica (35) 3346 - 2716


Contribua

Para incluir telefones na lista, por favor envie um e-mail para O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  com o nome e telefone do órgão. Obrigado.

 
Leia mais ...
Publicado em Notícias
Tagged sob

VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA - SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE

O período chuvoso já começou por isso o risco da proliferação do mosquito da Dengue aumenta sendo esse período de Outubro a Maio.

O mosquito Aedys Aegypti coloca seus ovos em locais como pratinhos de vasos de plantas, caixas d’água, pneus, calhas, latas, garrafas, e outras vasilhas. Esses ovos podem ficar nestes locais por até 1 ano sem água e quando chove eles se desenvolvem rapidamente em mosquito adulto, transmitir a doença. Portanto retire de suas casas tudo que possa acumular água, e deem uma olhada nas calhas para que não estejam entupidas.

A Vigilância em Saúde, através dos Agentes de Controle de Endemias estão desenvolvendo um trabalho continuo visitando todo mês as casas de nosso município.

Por isso receba bem os agentes da dengue para que juntos possamos combater este mal.

Lembrando: A Dengue é um problema de todos nós!

Leia mais ...
Publicado em Prefeitura em Ação
Tagged sob

VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA - SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE

Causada pelo vírus B (HBV), a hepatite do tipo B é uma doença infecciosa também chamada de soro-homóloga. Como o VHB está presente no sangue, no esperma e no leite materno, a hepatite B é considerada uma doença sexualmente transmissível. Entre as causas de transmissão estão:

• por relações sexuais sem camisinha com uma pessoa infectada,
• da mãe infectada para o filho durante a gestação, o parto ou a amamentação,
• ao compartilhar material para uso de drogas (seringas, agulhas, cachimbos), de higiene pessoal (lâminas de barbear e depilar, escovas de dente, alicates de unha ou outros objetos que furam ou cortam) ou de confecção de tatuagem e colocação de piercings,
• por transfusão de sangue contaminado.

A maioria dos casos de hepatite B não apresenta sintomas. Mas, os mais frequentes são cansaço, tontura, enjoo e/ou vômitos, febre, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras. Esses sinais costumam aparecer de um a seis meses após a infecção. Como as hepatites virais são doenças silenciosas, consulte regularmente um médico e faça o teste.

O diagnóstico da hepatite B é feito por meio de exame de sangue específico. Após o resultado positivo, o médico indicará o tratamento adequado. Além dos medicamentos (quando necessários), indica-se corte no consumo de bebidas alcoólicas pelo período mínimo de seis meses e remédios para aliviar sintomas como vômito e febre.

Previna-se

Evitar a doença é muito fácil. Basta tomar as três doses da vacina, usar camisinha em todas as relações sexuais e não compartilhar objetos de uso pessoal, como lâminas de barbear e depilar, escovas de dente, material de manicure e pedicure, equipamentos para uso de drogas, confecção de tatuagem e colocação de piercings. O preservativo está disponível na rede pública de saúde. Caso não saiba onde retirar a camisinha, ligue para o Disque Saúde (136).

Vacina

Atualmente, o Sistema Único de Saúde disponibiliza gratuitamente vacina contra a hepatite B em qualquer posto de saúde. Mas, é necessário:

• ter até 49 anos, 11 meses e 29 dias (veja notas técnicas 01/2012 e 89/2010);
• pertencer ao grupo de maior vulnerabilidade (independentemente da idade) - gestantes, trabalhadores da saúde, bombeiros, policiais, manicures, populações indígenas, doadores de sangue, gays, lésbicas, travestis e transexuais, profissionais do sexo, usuários de drogas, portadores de DST (veja lista completa).

A imunização só é efetiva quando se toma as três doses, com intervalo de um mês entre a primeira e a segunda dose e de seis meses entre a primeira e a terceira dose.

Leia mais ...
Publicado em Prefeitura em Ação
Tagged sob