Símbolos Municipais

O Hino Cruziliense, com características cívico-religiosas, foi oficializado através da Lei nº 70, aprovada em reunião extraordinária da Câmara Municipal, em 11 de dezembro de 1951. Com letra do Dr. José Maria Nunes Maciel (então prefeito municipal da cidade mineira de Cruzília) e música do Maestro Francisco Nisticó, foi publicado pela primeira vez nas Oficinas Gráficas Irmãos Vitale Indústria e Comércio Ltda., de São Paulo.

Hino Cruziliense

Tem Cruzília em seu nome esculpida,
Uma cruz que o destino traçou,
Em seus braços eternos, a vida,
Este povo, feliz, encontrou.

(Coro)
Salve ó cruz, de minha terra!
Cruzília, terra da Cruz.
Teu nome lembra e encerra,
A epopéia de Jesus.

Sob o pálio da Cruz Redentora
E ao comando do "Herói Padroeiro",
Vai Cruzília cumprir sem demora,
No futuro, destino altaneiro.

Quem nos livra da fome e da peste?
E da guerra e de toda aflição?
É o guerreiro da corte celeste,
Glorioso São Sebastião.

Sursum corda! Por Deus trabalhemos!
Que o trabalho também é oração.
De Cruzília um templo faremos
Em que o altar seja o meu coração.

Clique aqui para fazer o download do Hino em MP3

Aperte o play para ouvir.


Bandeira de Cruzília

 

Brasão da Cidade


O Brasão da bandeira de Cruzília contém muitos detalhes que muitas vezes passam desapercebidos. Abaixo segue uma explicação de cada parte do Brasão.


Escrito por 
Publicado em Cidade
Lido 2776 vezes
Avalie este item
(0 votos)